sexta-feira, 22 de abril de 2011

os mentirosos

Passos Coelho e Paulo Portas vieram dar uma voltinha eleitoral aqui ao distrito de Setúbal. Como seria de esperar, não vieram propor a privatização total das escolas, da segurança social ou do serviço nacional de saúde. Também não vieram tecer os habituais elogios ao "empreendedorismo", à "competitividade" ou louvar os méritos dos ricos patrões, banqueiros e agiotas que dão de comer a estes dois.

Aqui não se sentiram à vontade para isso.
Aqui em Setúbal vieram, como também não me pasma, mentir.

Tanto um como outro vieram aqui dizer que a agricultura e as pescas são sectores fundamentais para a recuperação económica do país. Embora tanto um quanto outro saibam que são parte da troika responsável pela destruição de pesca e agricultura no nosso país e neste distrito. Só cá faltava o PS para estar completo esse triunvirato da desgraça.

É curioso verificar como os partidos da mentira, da corrupção, da burguesia, adaptam o seu discurso às circunstâncias independentemente do que fazem, de como agem e do que realmente defendem. E aqui, em Setúbal, vieram apregoar aquilo que há muito ridicularizam nas propostas do PCP.

2 comentários:

Sopro leve disse...

Épa... mas eles foram lembrar as negociatas que o seu grande amigo, Cavaco Silva, fez para acabar com a produção nacional?
A minha "alma" está parva...
Mas espera ai, quem destruiu a produção nacional não foi a coperativa PS, PSD e CDS?
Querem ver que eles vão fundar outro partido... ainda vai-se chamar AMI (Associação dos Malfeitores, mas Independentes!!!)

Sopro leve disse...

Épa... mas eles foram lembrar as negociatas que o seu grande amigo, Cavaco Silva, fez para acabar com a produção nacional?
A minha "alma" está parva...
Mas espera ai, quem destruiu a produção nacional não foi a coperativa PS, PSD e CDS?
Querem ver que eles vão fundar outro partido... ainda vai-se chamar AMI (Associação dos Malfeitores, mas Independentes!!!)